Supremacia da Constituição é debatida em Congresso Jurídico

0

Público presente era de 850 congressistas
Na manhã desta quinta-feira, 1º, teve início o Congresso Nacional de Estudos Jurídicos – Direito Civil e Processo Civil. Neste primeiro dia de evento, estudantes, advogados, juízes e demais profissionais do Direito lotaram o auditório  do Hotel Parque dos Coqueiros  para assistir a palestras de juristas renomados e debater temas relevantes da área. O Congresso prossegue durante toda a sexta-feira, 2º.

Uma das palestras que abriram o evento foi a do juiz Federal Dirley da Cunha Jr. O palestrante falou aos congressistas sobre a necessidade de se garantir a supremacia e a força da Constituição Nacional.

“Normalmente não nos preocupamos com a análise processual, ou seja, de que maneira pode ser garantida essa força superior da Constituição. É justamente isso que eu trago aos congressistas: uma análise desse método, uma maneira de dar início a todo esse mecanismo de defesa dos valores constitucionais e dos direitos fundamentais do cidadão”, explica Dirley da Cunha Jr.

Juíz Federal trouxe a supremacia da Constituição para debate
Para ele, eventos como o Congresso Nacional de Estudos Jurídicos são boas oportunidades para discutir as novidades e os avanços relacionados ao processo civil e ao direito civil. “Participo freqüentemente de eventos como esse, e essas discussões em diferentes locais do país nos fazem ter idéia de como o cidadão e o profissional do Direito em cada estado vem reagindo e se comportando diante das novas realidades”, conta o juiz.

Evento é um sucesso

Para a juíza do Trabalho e organizadora do evento, Flávia Guimarães Pessoa, a avaliação do primeiro dia é positiva, uma vez que o público compareceu em peso e os debates foram enriquecedores.

Juíza do Trabalho e organizadora do Congresso, Flávia Pessoa
“Tivemos a preocupação em trazer ao Congresso as maiores autoridades do Direito Civil e Processo Civil de diferentes partes do país, e os debates estão sendo bastante proveitosos. Neste abertura, já pudemos observar uma participação bem significativa do público congressista”, declara Flávia Pessoa, informando que cerca de 850 pessoas se inscreveram no evento.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais