Suspeitas de tentar matar PM são presas em SE

0

Suspeitas de matar PM foram presas em Aracaju

(Fotos: Ascom/SSP)

Policiais militares da Companhia de Radiopatrulha prenderam na tarde desta terça-feira, 15, duas mulheres acusadas de tentar matar no dia 20 de março deste ano o sargento Janes Heredia de Sá, praça da reserva da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo. A informação é que o policial foi atingido por golpes de faca no pescoço, tórax, braço e costas pelas garotas de programa qualificadas como Thainá Marcele dos Santos Menezes da Silva, 18 anos, e Narjara de Souza, 19.

Segundo o delegado Fernando Melo, o crime ocorreu na cidade de Vilha Velha (ES) e na ocasião as suspeitas levaram uma pistola calibre ponto 40 e um carregador com 11 munições, de propriedade da PMES. A informação é que elas também extraviaram o aparelho celular da vítima, onde com autorização da Justiça Capixaba foi monitorado e permitiu que a Polícia Civil daquele estado localizasse as duas suspeitas em Aracaju.

“O celular era utilizado ora por Thainá ora por Narjara. Elas optaram por fugir aqui para a capital sergipana porque a mãe de Thainá mora no bairro Luzia, zona sul da cidade. Depois se mudaram para uma casa em que a avô de Thainá costuma alugar no bairro Bugio, na zona norte”, explicou Melo.

As investigações feitas a partir do Espírito Santo mostram, inclusive, que as jovens estariam trabalhando em Aracaju como representantes de uma empresa de TV por assinatura. No último dia 11 de abril, a Justiça do Espírito Santo expediu um mandado de prisão contra Narjara e Thainá que foi prontamente cumprido pela Companhia de Radiopatrulha nesta terça-feira. As duas deverão ser recambiadas para o Espírito Santo onde deverão responder pelo crime de homicídio.

* A matéria foi alterada às 15h31 para correção de informação da SSP

Fonte: SSP/SE

Comentários