Suspeito de homicídio pode estar em Aracaju

0

Antônio pode estar escondido em Aracaju (Foto: Polícia Civil)
Após 20 dias de investigações a Polícia ainda não concluiu o inquérito sobre o homicídio do Cabo Manoel da Silva, que aconteceu no município de Brejo Grande, a 135 km de Aracaju. De acordo com o delegado que investiga o caso, Clever Farias, o principal suspeito poderá estar na capital sergipana.

“Nós continuamos com as investigações, mas até agora ainda não conseguimos capturar o suspeito de ter consumado o crime. Acreditamos que ele poderá estar em Aracaju, ou até pela divisa em Alagoas. Isto já está sendo investigado”, explica o delegado. Ele ainda acrescenta que o Comando de Operações Especiais (Cope) também está contribuindo para a captura do assassino do Cabo Jailton.

Homicídio

O Cabo Manoel da Silva foi morto no dia 17 de agosto. (Foto: Arquivo/Portal Infonet)
O Cabo Manoel da Silva, de 40 anos, estava de folga quando foi morto por bandidos em uma moto no dia 17 de agosto. Ele foi alvejado com aproximadamente dez tiros. O militar chegou a ser levado para o Hospital de Neópolis, mas não resistiu e veio a óbito.

De acordo com as primeiras investigações da polícia, o crime pode ter sido encomendado. Antônio Santos da Silva, mais conhecido como ‘periquito’, é o principal suspeito do homicídio. Ele é natural do município de Ilha das Flores, sendo considerado perigoso por já ter respondido a vários crimes.

Quaisquer informações sobre o foragido poderá ser denunciada para o número 181 da Polícia. O Portal Infonet estará acompanhando o caso até o fechamento do Inquérito.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais