Suspeito de matar taxista é apresentado na SSP/SE

0
Leanderson Santos: "Vou provar que sou inocente" (Fotos: Portal Infonet)

A delegada Mariana Amorim, apresentou na tarde desta sexta-feira, 13, na Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE),  Leanderson dos Santos, 23, suspeito de ter assassinado a golpes de faca, no último dia 23, o tratorista José Edson dos Santos, 47 às margens da BR 101 no município de Itaporanga D’Ajuda.

Segundo ela, o acusado que é ex-genro do tratorista, foi preso na residência de parentes em um conjunto de Nossa Senhora do Socorro. “Ele não confessou o crime, mas admitiu ter ligado para o ex-sogro, para entregar umas gaiolas de passarinho, após ter terminado o relacionamento com a namorada, mas como não deu certo, teria ficado em Aracaju”, conta.

Mariana Amorim disse que ele tinha acabado o relacionamento com a filha da vítima e queria entregar duas gaiolas de passarinho, tendo marcado que se encontrariam na madrugada do dia 23. “Só que após ter sido esfaqueada, a vítima ainda conseguiu ligar para a esposa, que já prestou depoimento e contou que o esposo conseguiu dizer que Leanderson dos Santos o teria esfaqueado. E já foi constatado que a última ligação no celular foi para a esposa, d. Zélia”, ressalta.
A delegada disse ainda que o acusado nunca foi bem aceito pela família, mas que José Édson dos Santos  havia cedido os apelos da filha e ele. “Leanderson usa o álibi de que estava em Aracaju no momento do crime. Mas ele não foi trabalhar nos três dias que antecederam o assassinato. Há muita controvérsia, por isso que pedi a prisão preventiva”, explica.

Provas

Mariana Amorim: "Ha controvérsias e eu pedi a prisão preventiva"

“Com fé em Deus vou provar que sou inocente. Tenho testemunhas que estava em Aracaju. Não fui entregar as gaiolas, porque o carro que eu ia, de um cabeleireiro, está com o documento irregular e a gente teve medo de ser pego pela Polícia Rodoviária Federal. Depois fui pegar o carro de um parente no Bairro América e ele não estava lá. Ai fui tentar pegar emprestado outro carro no Ponto Novo, mas estava quebrado. Ai não viajei para entregar as gaiolas”, afirma Leanderson dos Santos acrescentando que foi a terceira vez que se separou da filha da vítima com namorava há quase dois anos e que ela tem 19 anos.

Suspeito foi preso nesta quinta-feira, 31 em Nossa Senhora do Socorro.

Por Aldaci de Souza

Comentários