Suspeitos de assassinar o guitarrista da cantora Adalgiza são presos

(Foto: DHPP)

Os homens suspeitos de envolvimento na morte de Ronnyelton Pinheiro Ribeiro, guitarrista da banda de Adalgiza, foram presos por policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O crime ocorreu no dia 26 de junho deste ano, no Conjunto Albano Franco, em Nossa Senhora do Socorro, e as prisões ocorreram na última quarta-feira, 26, e nesta sexta-feira, 28.

Segundo as investigações, por volta das 21h, do dia 26 de junho, a vítima teria ido com sua motocicleta ao Conjunto Albano Franco, quando parou para utilizar o celular, momento em que dois suspeitos se aproximaram, e, um deles, de posse de um revólver, passou a efetuar disparos contra a vítima.

Após receber os primeiros disparos, a vítima caiu ao chão, e o outro suspeito passou a subtrair seus objetos, chegando a afastá-la de cima da moto. Em seguida, os dois autores fugiram do local levando a motocicleta e os pertences da vítima.

O caso chamou a atenção pela brutalidade com que o crime foi cometido, visto que a vítima, enquanto tinha seus bens subtraídos, continuou a ser agredida fisicamente, recebendo vários golpes no rosto, desferidos por um dos investigados.

Após serem realizadas diligências, o DHPP identificou os suspeitos do crime, tendo representado junto à Vara Criminal de Socorro pelas respectivas prisões, que foram decretadas.

Nessa última quarta-feira, 26, policiais militares prenderam o suspeito que fez o uso da arma de fogo, e nesta sexta-feira, 28, a equipe do DHPP realizou a detenção do segundo suspeito.

Os presos foram encaminhados para unidade policial da capital, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Com informações da SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais