Suspensão de liminar retira promotores de disputa no MP

0

A liminar garantindo que promotores de Justiça se candidatassem ao cargo de procurador-geral do Ministério Público foi suspensa ontem, 27, pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Ellen Gracie.

Com isso, a disputa que acontece na próxima segunda-feira, 30, terá seis candidatos a menos em Sergipe. Agora, concorrem ao cargo somente as procuradoras Creuza Figueiredo, Cristina Mendonça e Maria Luiza Cruz, compondo a lista tríplice que será encaminhada ao governador João Alves Filho (PFL) na próxima semana.

Uma delas será escolhida pelo atual governador para substituir o procurador Luiz Walter Ribeiro. Antes, dez candidatos lutariam pelo cargo. Porém, um deles, o procurador Moacyr Soares da Motta, teria desistido da disputa, restando nove.

Com a suspensão da liminar, apenas três candidatas concorrem à vaga. Estão habilitados a votar os 14 procuradores de Justiça e 111 promotores de Justiça. O mandato do novo Procurador Geral de Justiça é de dois anos, podendo ser reconduzido por mais dois anos.

Matérias relacionadas

Dez candidatos disputam o cargo de Procurador Geral de Justiça

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais