Tânia Soares quer repeito pelos homossexuais

0

Seguindo a onda de comemorações da Diversidade Sexual, a vereadora Tânia Soares (PC do B) iniciou a semana da Câmara de Vereadores com o combate ao preconceito à orientação sexual. O tema também reacende a discussão sobre o caso do procurador Gilberto Nascimento, cujo corpo foi encontrado na semana passada, carbonizado e esquartejado. O acusado pelo crime mantinha um relacionamento amoroso com o procurador.

 

“A sociedade brasileira tem avançado no sentido de respeito à diversidade de opiniões e de comportamento. Mas, ainda é forte no imaginário social a crença de que o homem ou mulher homossexual possuem um comportamento negativo e merecem estar fora do contexto de vida social sendo vistos, por muitos, de forma marginal. Neste tipo de raciocínio é que indivíduos de comportamento nocivo encontram mais um motivo para praticarem atrocidades e atentarem de forma fria contra a vida de um ser humano”, disse a vereadora.

 

Uma das contribuições para o início ao respeito pelo homossexual partiria da própria imprensa, ao incentivar o respeito à vida e à orientação sexual. Segundo Tânia, “é importante que a imprensa noticie os casos de violência contra estas pessoas dedicando o mesmo tratamento que existe nos demais. Em alguns casos, os profissionais destacam primeiro a orientação sexual das vítimas só depois de falarem bastante a respeito do assunto é que  relatam os atos bárbaros cometidos contra a vida”.

 

Uma das questões colocadas pela vereadora é de que não imposta contra quem, os atos de violência devem ser priorizados na cobertura jornalística, sendo priorizados em detrimento da orientação sexual. “Muitos profissionais da imprensa também já têm esboçado um tratamento mais equilibrado no relato destes crimes considerando que tais atitudes devem ser condenadas pela sociedade em quaisquer circunstâncias seja um crime cometido entre pai e filho, homem e mulher, amigos, inimigos, etc”, relatou.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais