Taxa de desocupação em Sergipe recuou no 4º trimestre de 2021

Em Sergipe, a taxa de desocupação passou de 17,0% no 3º trimestre para 14,5%, no último trimestre de 2021. (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios contínua (PNAD), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e analisados pela Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) apontaram um recuo de 1,5 ponto percentual (p. p.) na taxa de desocupação do Brasil, no 4º trimestre de 2021, em relação ao 3º trimestre, passando de 12,6% para 11,1%.

Em 15 dos 27 estados brasileiros, verificou-se recuo na taxa de desocupação, com destaque para os estados de Alagoas (-2,6 p.p.) e Sergipe (-2,5 p.p.), que registraram as maiores quedas. Vale destacar que em Sergipe, a taxa de desocupação passou de 17,0% no 3º trimestre para 14,5%, no último trimestre de 2021, registrando valor inferior ao observado na região Nordeste (14,7%), porém superior à média nacional (11,1%).

Sergipe também se destacou no contexto nacional ao registrar, no 4º trimestre de 2021, a terceira maior taxa composta de subutilização. A taxa do estado ficou em 39,6%, inferior, apenas, aos estados do Piauí (42,8%) e Maranhão (40,5%). Essa taxa agrega a taxa de desocupação; a taxa de subocupação por insuficiência de horas; e a taxa da força de trabalho potencial, a qual engloba pessoas que não estão em busca de emprego, mas que estariam disponíveis para trabalhar.

Fonte: Ascom/FIES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais