Taxistas de lotação do Santa Maria se reúnem com Samarone

0

Taxistas do Santa Maria na última manifestação
Os taxistas do sistema de lotação do bairro Santa Maria fizerem uma manifestação na manhã desta terça-feira, 22, para chamar a atenção das autoridades e pedir a legalização do transporte de lotação no bairro. “Estamos sendo perseguidos, queremos que os órgãos públicos discutam nossa situação”, declarou Edílson de Jesus, presidente do conselho fiscal da Cooperativa do Transporte do Santa Maria. Através do protesto, a categoria conseguiu agendar junto ao superintendente da SMTT, Antonio Samarone, uma reunião para logo mais às 16h.

Atualmente circulam neste sistema, existente há 15 anos, cerca de 100 carros. Segundo Edílson, o transporte lotação atende à população do bairro diuturnamente. “No caso de uma pessoa ficar doente, o táxi comum não entra no bairro e ambulância do Samu tem difícil acesso. Já os ônibus prestam um serviço de péssima qualidade”, relata.

Com a reunião marcada para a tarde de hoje, 22, os taxistas estão com esperança de que seja sinalizada alguma decisão favorável. “Outras vezes não tivemos êxito. Ano passado mandamos cinco ofícios para a PMA e não fomos atendidos. A nossa esperança jamais pode acabar, somos todos pais de família e queremos sair da clandestinidade”, declara.

Diariamente, os agentes da SMTT apreendem três carros que fazem lotação de forma irregular no Santa Maria. Para liberar o veículo, o motorista tem que pagar uma multa no valor de R$ 405.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais