TCE recomenda que médicos residentes tenham prioridade na vacinação

0
O tema foi levantado pelo conselheiro-substituto Rafael Fonsêca, (Foto: DICOM/TCE)

Em sessão da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), ocorrida nesta quarta-feira, 14, o colegiado decidiu pelo envio de recomendação à Secretaria de Saúde de Aracaju para que insira os médicos residentes no grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19.

O tema foi levantado pelo conselheiro-substituto Rafael Fonsêca, que contextualizou a necessidade ao lamentar o falecimento do médico residente Ivanilson de Lima, na última terça, 13, em decorrência de complicações do novo coronavírus.

“Um jovem, no seu primeiro ano de residência médica, que teve contato com a doença sem a oportunidade de ter sido vacinado; infelizmente o cadastro é falho no que diz respeito aos profissionais da área da saúde, pois não tem a opção para médico residente”, destacou Fonsêca.

O conselheiro substituto ainda enalteceu a importância desses profissionais para o andamento dos trabalhos na rede pública de saúde. “Não são estagiários, são médicos formados, que muitas das vezes são os que carregam os hospitais, mesmo ganhando uma simples bolsa”, concluiu.​​

Após o relato, o presidente da sessão, conselheiro Carlos Alberto Sobral, propôs a recomendação para que “a Secretaria Municipal de Saúde reveja essa situação quanto aos médicos residentes não constarem nessa lista prioritária de vacinação”.​

Fonte: DICOM/TCE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais