TCE solidário com conselheira

0

O Tribunal de Contas do Estado fez divulgar uma “nota de esclarecimento e repúdio”, assinada pelo Conselheiro Carlos Pinna de Assis, presidente em exercício do órgão, de solidariedade à Conselheira Isabel Nabuco, vítima de críticas do deputado federal Jackson Barreto, em entrevista a duas emissoras de rádio na cidade. As entrevistas foram concedidas no começo da semana passada. Ele acusou a Conselheira Isabel Nabuco de participar de um complô contra ele.

Na nota, o Tribunal de Contas diz que Isabel Nabuco, “como qualquer outro membro desta Corte de Contas não decide monocraticamente. As decisões do Tribunal de Contas são sempre de suas Câmaras ou do Plenário”. Mais adiante garante o processo número 90802 – objeto das criticas do deputado Jackson Barreto – implicou na devolução ao erário municipal da quantia de R$ 1.793,96, em valores históricos e decorreu de uma denúncia do Sepuma. A decisão foi unânime tendo o plenário acolhido o voto da relatora que se baseou em manifestações, no mesmo sentido, da coordenadoria técnica competente e da auditoria. O deputado Jackson Barreto recorreu mas seu recurso chegou ao Tribunal de Contas fora do prazo de lei.

A nota conclui dizendo que “pelo exposto é que o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe vem repudiar, de forma veemente, as inverdades e ofensas levianas e grosseiras assacadas pelo deputado Jackson Barreto contra todos os membros da Corte, em especial contra a Conselheira relatora do processo”.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais