Técnicos continuam investigando mortandade de caranguejos

0

Esta semana, técnicos e engenheiros da Codise e Emdagro realizaram mais uma coleta de caranguejos uçá com o objetivo de diagnosticar o agente causador da morte dos crustáceos no litoral sergipano. Estudos de histopatologia confirmaram a presença de organismos parasitários em diversos órgãos dos caranguejos, se verificando também uma correlação direta entre o número dessas estruturas e a debilidade dos animais. Amostras do suposto agente causador estão sendo analisadas em Curitiba e nos Estados Unidos. Segundo os técnicos, nesta etapa se pretende verificar a patogenicidade do suposto agente e as fases de desenvolvimento da doença. Eles também informaram que provavelmente dentro um mês será possível a confirmação do agente, inclusive com a apresentação da seqüência do DNA.

Comentários