TEF prejudica comerciantes

0

A polêmica da instalação das máquinas do sistema de Transferência Eletrônica de Fundo – TEF – continua. A Associação Comercial de Sergipe enviou uma carta esclarecendo alguns pontos a respeito dos prejuízos que a implantação do novo sistema pode causar aos estabelecimentos comerciais de médio e pequeno porte.

 

Segundo os comerciantes, as máquinas atuais são mais rápidas que as que devem ser implantadas. O sistema TEF funciona através de ligação telefônica para as operadoras de cartões. Uma linha dedicada apresenta um custo de cerca de R$ 800,00 por mês. Às pequenas e médias empresas, resta a opção de linha discada, que leva, às vezes, até cinco minutos para concretizar uma venda por cartão. A Associação Comercial apelou para o governador que suspendesse a ação punitiva sobre os estabelecimentos que não conseguiram, ainda, implantar o sistema TEF.

 

O deputado Fabiano Oliveira lamentou a decisão do Governo do Estado de multar quem não implantar o sistema. Segundo Fabiano, com a decisão, a arrecadação será menor, porque o cartão de crédito apresenta um volume de vendas elevado. O deputado ressaltou ainda que nenhum Estado do Brasil conseguiu implantar o TEF.

 

Outra questão levantada pelo parlamentar foi o prejuízo no turismo. Fabiano disse que a medida do Governo está prejudicando o turista, que não pode mais comprar com cartão de crédito e poucos são aqueles que andam com dinheiro em mãos por precaução em relação a assaltos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais