Telemar ainda é dor de cabeça de sergipanos

0

Enquanto a Telemar anuncia expansão das linhas telefônicas, os assinantes da empresa se desesperam quando têm de fazer qualquer reclamação. Na última 5ª feira, um caminhão trio elétrico, ao passar pela Rua Guilhermino Rezende derrubou fios de energia elétrica e de telefones. A Energipe atendeu prontamente ao chamado de moradores da vizinhança e em menos de 30 minutos a energia estava recuperada. Não ocorreu o mesmo com a Telemar. Manda-se ligar para o número 104, mas quem atende ali é a máquina. “O atendimento é virtual”, explica um funcionário da Telemar. Tá bom, mas levou-se exatamente 1 hora e 15 minutos para que fosse comunicar a Telemar que os seus fios estavam no chão. E mais uma hora e meia para que os técnicos da empresa viessem resolver o problema. Como se não bastasse, os telefones da área da Avenida Nova Saneamento estão sofrendo panes constantes. As ligações para estes números só dão sinal de ocupando, quando, na verdade, os telefones não estão nem funcionando. Sem contar as panes durante uma ligação (quando se consegue fazê-la).

Comentários