Tiroteio entre policiais: MP denuncia PM por homicídio

0

Policial civil morre durante a troca de tiros (Foto que circulou nas redes sociais/Arquivo)

Policial civil foi morto por PM (Fotos: Portal Infonet)

O policial militar Alberto Silva Santos, acusado de matar o policial civil Wilson Oliveira Santos, 51, durante tiroteio ocorrido na praça Fausto Cardoso no dia 30 do mês passado, continua preso no Presídio Militar e foi denunciado pelo Ministério Público Estadual. O promotor de justiça Flaviano Almeida, que atua na 8ª Vara Criminal, denunciou o PM por homicídio qualificado praticado por motivo fútil, mesmo entendimento jurídico do delegado Kássio Viana, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), que concluiu as investigações pelo indiciamento do acusado.

O policial militar Alberto Silva se defendeu alegando que teria agido em legítima defesa, mas esta tese foi recusada pela autoridade policial na fase do inquérito e também pelo Ministério Público Estadual. Com a denúncia formalizada pelo promotor Flaviano Almeida, inicia-se uma nova fase processual. A juíza Soraia Gonçalves, da 8ª Vara Criminal, abre prazos para o policial militar apresentar defesa e arrolar testemunhas.

O Portal Infonet tentou ouvir a defesa, mas não obteve êxito. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários