Trabalhadoras rurais fazem curso sobre plantas medicinais

0

Nos dias 17 e 18 de setembro, a partir das 8h, na Embrapa, trabalhadoras rurais da comunidade de Lagoa da Volta, em Porto da Folha, atendidas pelo Programa de Produção Agroecológica e Segurança Alimentar (Prosa), da ONG Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC), participam do Curso Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares.

 

O curso pretende dar oportunidade para que as agricultoras disseminem e aperfeiçoem as experiências da produção fitoterápica já realizadas nas suas comunidades de origem, tornando-se, desse modo, multiplicadoras de conhecimento onde vivem. O Prosa tem trabalhado na recuperação de sementes e valorização da biodiversidade da região e estimulado a organização de mulheres no campo de forma a valorizar o conhecimento tradicional delas.

 

Durante o curso, as agricultoras terão contato com o uso de técnicas desenvolvidas nessa área, aprimorando o uso de tecnologias para aumentar a renda e disputar mercado. Serão apresentadas e discutidas técnicas para o adequado manejo, melhoramento e beneficiamento da produção e da fertilidade do solo.

 

Curso

 

Um dos objetivos do curso é ampliar os conhecimentos técnicos envolvendo a cadeia produtiva das plantas medicinais, aromáticas e condimentares, desde a produção de mudas até a colheita, secagem e produção de fitoterápicos. O curso será promovido pela Embrapa e Incra, com apoio da UFS e Universidade Federal do Recôncavo Baiano.

 

A iniciativa é voltada para estudantes, professores, técnicos e interessados no assunto. Outras informações pelo telefone (79) 4009-1344. As inscrições podem ser feitas pelo site, onde também está disponível a programação. O valor da inscrição é de R$ 25,00 (estudantes) e R$ 50,00 (profissionais).

Comentários