Transporte coletivo de Aracaju afetado pela Greve Geral

0
Manifestantes se concentram na porta de empresas (Foto: Ascom/Setransp)

O sistema de transporte público na região metropolitana foi afetado pela greve geral. Desde a madrugada, manifestantes se concentram na porta das garagens das empresas, impedindo que os veículos circulassem na cidade na manhã desta terça-feira, 5.

O tenente-coronel Vivaldy Cabral, comandante do policiamento da capital, informou que as manifestações ocorrem sem maiores complicações, apesar de vários trechos dos principais acessos à capital sergipana estarem bloqueados com pneus queimados.

O tenente-coronel explicou que os pontos com maior mobilização são a avenida Marechal Rondon, no limite dos municípios de Aracaju e São Cristovão, e no Porto Dantas. As equipes da Polícia Militar, segundo o tenente-coronel, estão nas ruas desde a meia-noite para impedir os excessos e garantir a ordem pública.

Até o momento não houve necessidade de prisões, conforme o tenente-coronel. A Polícia Militar criou trechos alternativos que estão possibilitando o acesso ao conjunto Sol Nascente, pelo Barreiro, em São Cristovão, e também na Zona Norte.

Nota

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) se posicionou por meio de note enviada à redação do Portal Infonet. Na nota, a assessoria de imprensa informou que os manifestantes se concentraram nos portões das garagens e continuam impedindo a saída da frota de ônibus.

Segundo a nota, motoristas e cobradores estão no interior das garagens, aguardando liberação dos portões para operarem o sistema de transporte e informou que em alguns pontos há risco de conflito e agressividade.

Por Cássia Santana

Comentários