Transporte: Progresso promete quitar salários e pede fim da greve

0
Funcionários do grupo paralisaram as atividades há dois dias (Foto: Rede Sociais)

O Grupo Progresso se manifestou nesta sexta-feira, 15, através de uma carta aberta aos trabalhadores das empresas que que integram o  transporte público de passageiros, pedindo aos colaboradores que voltem ao trabalho e que aceitem a proposta feita pela empresa.

“Nossa proposta é exatamente aquilo que já passamos a todos, quitar os salários e o ticket-refeição até 30.10.2021 e juntos continuaremos monitorando o sistema e decidindo os próximos passos”, diz a carta.

A empresa afirma que foi clara com os trabalhadores informando que o salário de setembro seria pago ao longo do mês de outubro, já que o benefício implementado pelo Governo Federal não foi renovado, e a folha de pagamento voltou a ter 100% do seu valor.

“Além disso, o custo do óleo diesel continua em elevação e todos sabem que só contamos com a tarifa paga por nossos passageiros para fazer frente a tudo isso, pois não temos qualquer ajuda dos órgãos que regulam o transporte. Com a empresa parada, deixamos de faturar e perderemos participação no rateio do vale transporte ao final do mês. A parada causa ainda mais prejuízos e não resolverá o problema”.

O Grupo Progresso pediu a compreensão dos colaboradores e reforçou que é preciso encerrar a paralisação e retomar a prestação do serviço do transporte público à população. “O momento é de retomada da economia e todo o corpo diretivo está crente que nos próximos meses, ainda que de maneira suave, os passageiros irão voltar aos nossos ônibus e nossas receitas operacionais melhorarão”, finaliza.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais