Três feridos em confronto entre assaltante e PM

0
Assaltante está sendo encaminhado para o Huse (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Uma tentativa de assalto ocorrido no início da tarde desta terça-feira, 1º, a um transporte coletivo culminou em confronto entre um policial militar à paisana e o suspeito pelo crime. Neste confronto registrado na rodovia que liga os municípios de Siriri e Rosário do Catete, o suspeito, o cobrador do ônibus e o próprio policial militar que reagiu ao assalto foram feridos e estão sendo transportados para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), segundo informações do soldado Jarbas Barbosa, da 3ª Companhia do 4º Batalhão, que acompanha o episódio.

A tentativa de assalto foi registrada por volta das 13 horas. De acordo com informações do soldado Barbosa, o ônibus, da linha 124 da Coopertalse da linha Canindé do São Francisco/Aracaju seguia na rodovia com destino a Aracaju. No povoado Sirizinho, bem próximo à sede da Vale, o assaltante estava na pista e deu sinal pedindo parada, gesto comum de passageiros que costumam pegar o coletivo na pista. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Polícia Militar, o assaltante entrou no ônibus, exibiu a arma e teria disparado um tiro que acertou o pescoço do cobrador identificado como Rafael Rodrigues.

O soldado Alberto Dantas, do Pelotão de Policiamento da Área de Caatinga, que estava no interior do veículo armado reagiu e teria disparado quatro tiros que atingiram o suspeito no ombro, tórax, perna, clavícula e na perna. Na troca de tiros, segundo o soldado Barbosa, o policial militar, foi atingido na perna.

O cobrador e o suspeito pelo assalto, já identificado pela polícia, estão internados na ala vermelha do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) em estado delicado. O soldado Alberto Dantas está internado no Hospital da Polícia Militar (HPM) e o estado de saúde dele é considerado estável, segundo informou a assessoria de comunicação da Polícia Militar.

*A matéria foi alterada às 15h33 para acréscimo de informações transmitidas pela assessoria de comunicação da PM

Por Cássia Santana

Comentários