Troca de comando na Capitania dos Portos

0

Governador durante solenidade na Capitania dos Portos/Foto: Márcio Dantas
O governador Marcelo Déda acompanhou a passagem de comando do cargo de Capitão dos Portos que aconteceu na manhã desta sexta-feira, 10, na Capitania. Depois de dois anos à frente do comando, o capitão de fragata Vanley Monteiro Soares se afastou para integrar o Estado Maior do 2º Distrito Naval. Quem passa a ocupar o posto é o capitão de fragata Berivaldo Vieira Figueiredo.

“Viemos aqui apresentar as despedidas ao comandante que deixa a capitania. Vanley realizou uma administração exitosa na Capitania dos Portos, foi um parceiro de todos os momentos do Governo do Estado, foi um homem que trabalhou no sentido de aproximar a sociedade da Marinha do Brasil e cumpriu um papel fundamental no período que assumiu o comando”, elogiou o governador.

Marcelo Déda também desejou sucesso para o novo comandante e colocou o Estado à disposição para parcerias. “Viemos trazer as boas-vindas para o novo comandante, o capitão de fragata Vieira, desejando que ele realize um exitoso trabalho e reafirmando a admiração que nós todos temos pela Marinha do Brasil. Queremos colocar o Estado de Sergipe sempre à disposição para parcerias proveitosas em benéfico do nosso estado e do nosso país”, relatou.

Nascido no Ceará, Vanley Monteiro Soares assumiu a Capitania dos Portos em 27 de julho de 2007. Segundo ele, todo o esforço foi desprendido para realização de um bom trabalho em Sergipe. “Revendo as atividades realizadas ao longo dos dois últimos anos, não há espaço para nenhum outro sentimento que não o da gratidão. Foi encarando as situações difíceis e problemas antes existentes que iniciamos um processo virtuoso de mudanças e melhorias”, relembrou.

Berivaldo Vieira de Figueiredo, novo empossado, ingressou no Colégio Naval em 1981 e na Escola Naval em 1984. Antes de assumir o Comando da Capitania dos Portos do Estado de Sergipe, exercia atividades na Secção de Operações do Comando do 6º Distrito Naval, em Ladário, Mato Grosso do Sul.

“Concretizo uma das aspirações que cultivo desde antes de entrar no Colégio Naval: a de assumir o comando de uma Capitania. A cidade de Aracaju faz parte marcante da minha vida. Ainda adolescente, ao passar inúmeras vezes na Avenida da Ivo do Prado, observava essa capitania e os militares que aqui representavam a Marinha do Brasil. Nesse local, descobri a figura do Capitão dos Portos. É um importante cargo na carreira de oficial da Armada”, relatou.

Fonte: ASN

Comentários