TV Alese já está no ar

0

Já começou a funcionar, desde às 10 horas da manhã de hoje, a TV da Assembléia do Estado de Sergipe – TV Alese. Mesmo em fase experimental, a emissora já deve colocar no ar, através do Canal 16 da NET (sistema de TV à cabo) as quase 50 horas de conteúdo produzido nos últimos dois meses. A emissora, segundo o diretor de imprensa da Assembléia Legislativa, Raimundo Luiz, terá duas vertentes: jornalística e cultural. “O conteúdo jornalístico será a cobertura das sessões ao vivo e das comissões especiais, além de perfil e vida dos parlamentares. Também teremos um jornal, a partir de agosto. Na parte cultural passaremos documentários, entrevistas, e uma material ilimitado, inclusive com as produções locais”, explica. O presidente da Assembléia, deputado Antônio Passos, vê o novo canal como uma ponte entre o poder legislativo e a população. “É um marco na história da Assembléia. Este será um meio através do qual as pessoas terão conhecimento do que ocorre na casa do povo. A TV Alese será, certamente, a TV do povo”, garantiu. O deputado afirmou que o custo de manter o projeto em funcionamento, durante o mês, será de R$ 55 mil. A empresa responsável pelo funcionamento da idéia é a Digilab S.A., que já opera sistemas digitais em outros Estados. “A idéia inicial, segundo o Raymundo Luiz, seria a da implantação de um projeto moderno e barato”, explicou o diretor administrativo da Digilab, Paulo Della Giustina. A empresa além de ser responsável pela parte técnica do projeto, também está orientando a produção do conteúdo. “Temos cerca de 15 pessoas trabalhando”, informa Della Giustina. A TV Alese terá, em média, 8 horas de produção inédita. O resto da grade será ocupada com reprises. “Ainda estamos funcionando em fase experimental, mas a produção deve se estender paulatinamente”, afirma a jornalista Elisângela Valença, chefe de reportagem da emissora. Durante a cerimônia de lançamento, diversas autoridades estiveram presentes. Entre elas, a deputada Ana Lúcia Menezes, que elogiou a iniciativa. “Essa idéia foi apresentada por mim no primeiro semestre, mas em um formato mais amplo, que contaria com a TV Aberta. Apesar disso, acho digno de louvor a iniciativa do presidente da casa, Antônio Passos, e do diretor de Imprensa, Raymundo Luiz”, parabenizou.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais