Última maré alta do ano encerra nesta segunda-feira, 19

0
Monitoramento foi realizado ao longo do fim de semana. (Foto: Ascom/Semdec)

Desde a última sexta-feira, 16, a Prefeitura de Aracaju monitora os impactos provocados pela quinta maré alta registrada neste ano. O fenômeno encerra nesta segunda-feira, 19, sem registro de ocorrências ou necessidade de desvios no trânsito.  A situação vem sendo acompanhada, diariamente, pelas equipes da Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), através da Defesa Civil de Aracaju.

O coordenador da Defesa Civil municipal, major Sílvio Prado, explica que em razão de ausência de acumulado de chuvas significativas durante o mês de outubro, os impactos observados foram menores que os registrados no início do ano. “A chuva influencia bastante nessa maré alta, pois os rios e canais ficam mais cheios, por causa da água proveniente dessas precipitações. Então, os impactos observados nessa última maré alta do ano, foram bem menores”, explicou.

De acordo com Sílvio Prado, durante o monitoramento, foi observado um pequeno represamento de lâmina d’água, em vias localizadas no bairro 13 de Julho, nas proximidades do canal da Anísio Azevedo, porém sem prejuízos para o fluxo de veículos. “Também não foram registradas ocorrências através do número emergencial 199 ao longo do final de semana”, pontuou, acrescentando que o maior volume registrado da maré foi de 2,5 metros, na madrugada do sábado, 17.

A ação voltada ao monitoramento e redução de riscos envolveu algumas medidas preventivas, como foi o caso do envio de alertas por SMS ( através do Serviço 40199), para que a população tivesse conhecimento prévio sobre o horário e volume das marés. As mensagens foram enviadas para os números cadastrados diariamente, de maneira que a população mantivesse o estado de atenção.

Cadastro 

Para realizar o cadastro e receber informações da Defesa Civil diretamente no celular, basta enviar uma mensagem SMS para o número 40199 e inserir no campo do texto o CEP da localidade sobre a qual deseja receber os comunicados.

O serviço é gratuito e já conta com mais de 48 mil cadastros ativos, apenas na capital. Atualmente, além das mensagens com alertas sobre eventos adversos, como maré alta, ventos fortes  ou chuvas intensas, também são transmitidas informações sobre a covid-19.

Fonte: Ascom/Semdec

Comentários