Um intelectual completo que já deixa saudades

0

Foi sepultado, na manhã desse domingo, no Cemitério Santa Isabel, o corpo de Alberto Carvalho, que faleceu na manhã do sábado aos 69 anos de idade – faria 70 nos em setembro. Um dos mais conhecidos intelectuais sergipanos, Alberto Carvalho era natural de Itabaiana, onde, na qualidade de projecionista do cinema popular, deu início às suas atividades profissionais de crítico cinematográfico. Funcionário do Banco do Brasil e professor da Universidade Federal de Sergipe, Alberto, além de crítico literário, escreveu e publicou, a partir do final dos anos 50, oito livros. Era, sem dúvida, um intelectual completo, discorrendo sobre cinema, música, artes plásticas, dentre outros assuntos, com o mesmo fervor com que gostava de conversar com os amigos. Ele deixa três filhas: Luciana, Miriam e Adriana. A mulher, grande musa de sua vida, Teresa Nadir, faleceu há 3 anos. Antes do sepultamento, o ex-deputado José Carlos Teixeira traçou um perfil biográfico do falecido. Autor do hino da Associação Olímpica de Itabaiana, Alberto Carvalho foi sepultado com a bandeira do clube a lhe cobrir o caixão.

Comentários