Vai viajar? Evite o período “lusco-fusco”

0

Horário é considerado crítico
Nos dias em que milhares de sergipanos pegam a estrada rumo a outros Estados ou às praias do interior, um determinado período do dia merece atenção especial: por volta das 17h e 18h, o sol vai se pondo para a chegada da lua, dando origem ao chamado ‘lusco-fusco’, que atrapalha a vista do condutor e aumenta o risco de acidentes.

O empresário Adailton Nascimento, por exemplo, vai viajar com a família para a praia de Costa Azul, na Bahia, e vai perder um dia de praia para fugir do tal fenômeno. “A casa está alugada para entrar no dia 30, mas trabalho até as 15h e não viajo de jeito nenhum no pôr-do-sol, porque incomoda muito o reflexo. Vamos no dia 31, bem cedinho”, revela.

E os números comprovam a teoria do empresário. De acordo com estatísticas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), cerca de 30% dos acidentes nas rodovias ocorrem no intervalo entre as 17h e 20h. Segundo oftalmologistas, este é um horário onde não se enxerga tão bem, já que a visão diurna, que privilegia os detalhes, entra em confronto com a noturna, uma visão de percepção.

Condutores podem contar com a ajuda da PRF através do telefone 191
O inspetor Flávio Vasconcelos, da PRF/SE, confirma a tese e aconselha aos motoristas que não peguem a estrada neste horário. “É um momento crítico, já que nossa visão está se adaptando à luz”, realça.

Outras dicas

Para fazer uma boa viagem e não ter as festas de réveillon estragadas por contratempos ou até mesmo fatalidades, o inspetor enumera fatores essenciais à segurança nas rodovias. “Uso de cinto de segurança, não ingerir álcool, manter os componentes do veículo em bom estado e parar de três em três horas para fazer alongamento e descansar”, recomenda.

Os condutores também podem contar com o telefone da instituição. Através do número 191 é possível receber informações das condições de rodovias, saber da intensidade do tráfego e fazer denúncias.

Por Glauco Vinícius e Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais