Vandalismo destrói encanamentos de ruas da capital

0

Funcionários da Deso recuperam cano estourado durante a madrugada

Em dissonância com o severo racionamento de água imposto pela Deso na semana passada, inúmeros canos amanheceram estourados em ruas da capital nesta segunda-feira, 23. No Santos Dummont, uma moradora ligou para a Rádio Jornal 540 AM para denunciar o desperdício de água que acontecia na sua rua desde as primeiras horas da madrugada.

No São José, funcionários do Instituto Médico Legal (IML) reclamavam sobre um cano que inundava a rua e as proximidades da Praça Tobias Barreto.

Na última semana, dois  condomínios do bairro Jardins tiveram o fornecimento de água

Ladrões procuram roubar hidrômetro para revender
interrompido devido à quebra dos canos que fornecem água aos prédios.

Segundo a Deso, atos como estes não são eventuais e representam a existência de um grupo de vândalos em Aracaju. “A Deso já está investigando os casos. Acreditamos que três pessoas fazem parte deste grupo e, na próxima quarta-feira realizaremos uma queixa à polícia”, afirma a assessoria da Companhia.

Para a assessoria de comunicação da Deso, muitas vezes os vândalos buscam quebrar os canos para, em seguida, roubar o hidrômetro. “Eles  procuram vender o hidrômetro, que custam entre R$ 50 e R$ 100. Quem testemunhar atos como este, deve ligar para o Call Center da Deso e evitar o

Na próxima quinta uma comissão irá avaliar a necessidade do racionamento d”água
desperdício de água”.

Fim do racionamento de água

As chuvas que atingiram o Estado durante este Carnaval devem ajudar no aumento do nível do rio Poxim. “As chuvas devem ter aumentado muito. Depois do Carnaval, provavelmente na próxima quarta ou quinta-feira, faremos uma avaliação no local para uma decisão técnica sobre a manutenção do racionamento”, afirma a assessoria da empresa.

Call Center da Deso -08000790195

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais