Vazão na Usina de Xingó será elevada para o patamar de 2.000 m³/s

A Companhia ressalta fortemente a importância da não ocupação de áreas ribeirinhas (Foto: André Schuler)

A vazão na Usina de Xingó sofrerá mudança neste fim de semana. A informação foi passada pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). A Usina de Xingó, por sua vez, terá vazão de 1.500 m³/s nesta sexta-feira, 22 e, a partir do sábado, dia 23, será elevada para o patamar de 2.000 m³/s, que deverá permanecer até nova reavaliação.

A Chesf destaca que os valores correspondem à defluência (água de saída) total dos reservatórios, podendo ser vertida e/ou turbinada, a depender da necessidade de atendimento ao Sistema Interligado Nacional (SIN). A situação hidrológica está sendo permanentemente avaliada, podendo haver alterações nestes valores em função da evolução das chuvas e vazões na Bacia do Rio São Francisco e conforme sejam as necessidades de geração de energia apresentadas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS.

Alerta

A Companhia ressalta fortemente a importância da não ocupação de áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, haja vista o período úmido ainda em curso e a possibilidade de elevação das vazões, a depender da evolução do quadro de chuvas na Bacia.

por Aisla Vasconcelos
com informações da Chesf

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais