Veículo que não precisa de registro tem boa venda em Aracaju

0

Tem cara e corpo de motocicleta, mas não é motocicleta. É um produto fabricado na Coréia que está começando a se tornar coqueluche no Brasil. É a Shineray, um produto de apenas 49 cilindradas e, que, por isso mesmo, não precisa ser emplacada pelos Detrans país afora. O Código Nacional de Trânsito só reconhece como veículos auto-motores, a partir de 50 cilindradas.

Mesmo assim, a Shineray desenvolve até 120km/h. Como não tem placas, também não recebe multas. E também está livre desta questão de capacetes, especiais ou não. É a grande preferência dos moto-boys na atualidade. Eles estão levando mercadorias e passageiros sem serem incomodados pelos guardas de trânsito.

A Shineray está vendendo feito água em Aracaju. Atualmente custa R$ 3.299 que podem ser pagos no cartão, em parcelas fixas e sem juros. No GBarbosa da Francisco Porto, na tarde de quinta-feira, 31, havia dez Shinerays à venda. À noite, só restavam quatro.

Um vendedor dizia ao escriba que a máquina começou a ser vendida a R$ 2.300 no mês passado, mas a cada nova remessa o preço vai aumentando na base de R$ 100, R$ 200, por causa da procura.

As autoridades de trânsito estão vendo com preocupação essa preferência pela Shineray. Como não tem placas de identificação, num caso de acidente ou mesmo de atropelamento, fica difícil identificar os autores.

Por Ivan Valença

Comentários