Veja como evitar incêndios domésticos nas festas de fim de ano

0
Contato do botijão com o fogão pode provocar incêndio em casa. (Foto: Arquivo/Portal Infonet)

Com a chegada do período natalino, os cuidados domésticos devem ser redobrados. Com o uso mais intenso dos materiais de cozinha, é necessário se atentar para prevenir os possíveis incêndios nas residências.

De acordo com o Tenente Edmilson Joaquim, do Corpo de Bombeiros, as causa dos incêndios domésticos são diversas, e vão desde o uso de velas aos curtos-circuitos. “Os acidentes domésticos mais comuns envolvem o uso do GLP (gás liquefeito de petróleo), acidentes com alguma fonte de calor que é deixada sem os devidos cuidados, como uma vela. Os curtos-circuitos também, esses problemas de rede elétrica domiciliar são relevantes”, destaca o Tenente.

Esses acidentes domésticos podem ser evitados com uma verificação prévia na cozinha. “Em relação ao uso de GLP, verificar a posição do botijão e não deixar a mangueira encostada na parte metálica do fogão, principalmente quando há uso de forno para evitar o derretimento dessa mangueira. Quando for fazer a troca do botijão, verificar com um pouco de espuma, colocando na base da válvula para ver se ela não está gerando bolha ou vazamento de gás. Observar a validade da mangueira, que normalmente tem validade de cinco anos. Isso já são medidas preventivas que ajudam bastante”, detalha o tenente.

Álcool

Devido a pandemia da Covid-19, o álcool tem sido um dos maiores objetos de uso pessoal. Mas também é necessário ter cuidado com o seu uso. “O álcool em gel pela sua textura se espalha com mais dificuldade e é menos absorvido pelas superfícies. Então reduz o risco de incêndio. O ideal é que o álcool seja mantido longe de qualquer fonte de calor, como isqueiros e fósforos. Se tiver a possibilidade de mantê-lo fora do ambiente da cozinha, é o ideal”, completa Edmilson.

Fatores como superaquecimento e a fiação da rede elétrica também devem ser avaliados.  E todos esses cuidados se tomados da forma correta podem garantir um final de ano tranquilo dentro de casa.

Por Milton Filho e Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais