Vereador é preso por porte ilegal de arma na BR 101

0
Arma encontrada pela PRF com o vereador (Foto: Divulgação/PRF)

O vereador Flávio Passos Aragão (DEM), do município de Ribeirópolis, foi preso no final da manhã desta terça-feira, 26, por porte ilegal de arma. A prisão foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na altura do km 89 da BR 101, em trecho pertencente ao município de Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com informações da PRF, os agentes federais observaram que o vereador, que conduzia um Gol, teria feito uma manobra perigosa na pista, “sem a devida segurança para o trânsito”. Os policiais rodoviários deram ordem de parada e, no momento da abordagem, encontraram, dentro do veículo, uma pistola Taurus, com dois carregadores e 26 munições.

De acordo com a PRF, a arma era devidamente registrada. No entanto, o vereador não possuía porte de arma. Os agentes federais deram voz de prisão e encaminhou o vereador para a 7ª Delegacia da Polícia Civil, localizada no município de Nossa Senhora do Socorro.

O vereador já está solto. Em entrevista que concedeu ao Portal Infonet, o parlamentar desmente a versão apresentada pela Polícia Rodoviária Federal, nega que possuía arma dentro do veículo e diz que não foi preso. “Não ocorreu isso. Se alguém divulgar que fui preso vai ser processado por calúnia e difamação”, ameaçou o vereador.

Mentira

O parlamentar nega que tenha sido conduzido para a 7ª Delegacia e diz que teria sido convidado pelos agentes federais a comparecer ao Posto da PRF para assinar um termo pela infração que teria cometido no trânsito. “Fiz uma ultrapassagem em local irregular e foi por isso que fui no posto da polícia rodoviária: para assinar o temo”, contou.

No entanto, a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Segurança Pública confirmou a prisão do vereador por porte ilegal de arma. O flagrante foi lavrado pelo delegado Sérgio Ricardo Leite Barbosa, da 7ª Delegacia, que arbitrou fiança no valor de três salários mínimos. Após pagar a fiança, o vereador foi liberado para responder em liberdade ao processo por porte ilegal de arma.

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Ribeirópolis, Pedro Francisco de Oliveira (PT) informou que desconhecia a prisão do parlamentar e que a Câmara se pronunciará depois que tomar conhecimento oficial da ocorrência. Para o presidente da Câmara, o vereador possui porte de arma e que acredita que ele estaria andando armado porque teria recebido ameaça durante a campanha eleitoral.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais