Vereadora se pronuncia sobre caso de racismo

0

A vereadora Rosangela falou sobre o caso de racismo
Na manhã desta quarta-feira, 4, a vereadora Rosangela Santana(PT) declarou na câmara de vereadores que irá acompanhar de perto o caso de racismo envolvendo o funcionário da empresa Gol. O fato aconteceu no último dia 26 quando uma médica chegou atrasada no embarque do aeroporto de Aracaju e agrediu com palavras racistas o funcionário da empresa Gol.

A vereadora disse que entrará com uma monção de solidariedade ao funcionário Diego José Gonzaga e que acompanhará o desfecho do caso, cobrando das autoridades a punição de acordo com a lei. A parlamentar disse que espera que o Secretário da Segurança Pública se pronuncie sobre o fato do delegado não ter feito o flagrante.

“Esse fato foi muito grave porque a médica chegou a declarar que não prestaria atendimento para o funcionário por ele ser negro. As autoridades precisam esclarecer esse caso que não foi somente um surto de uma mocinha, mas uma médica que agrediu de uma forma histérica uma pessoa por ser negra”, relata.

Para a vereadora o fato não é apenas uma agressão ao funcionário, mas a todo a população brasileira, pois a médica desrespeitou inclusive a Constituição Federal, que prevê racismo como um crime. “Não podemos mais aceitar que os negros continuem sendo vítimas deste e de outros tidos de agressões e mais, não podemos deixar que estes agressores continuem impunes”, defendeu Rosangela.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais