Vídeos com ameaças em Sergipe viram febre na internet

0

Rapaz afirma que vai roubar em terminais de integração (Foto: Reprodução vídeo/ facebook)

Vídeos com ameaças a policiais e a outras pessoas da população sergipana estão sendo publicados com frequência na internet. Nas publicações, adolescentes e indivíduos com idade superior a 18 anos empunham armas e tentam intimidar, dentre alguns profissionais, o cabo Amintas e o sargento Madureira. Nesta quinta-feira, 11, um caso de um vídeo no qual um adolescente ameaça três policiais civis e um militar foi publicado no Portal Infonet.

Em um dos novos vídeos que circula pela internet, um indivíduo exibe alguns relógios que, segundo ele, foram subtraídos em algum terminal de integração. O rapaz ainda faz ameaças de roubo. “Vou limpar o terminal de novo”, relata.

De acordo com o cabo da Polícia Militar, Amintas Oliveira, alvo de intimidações, a polícia está trabalhando para descobrir quem são os personagens dos vídeos. “Não faço a mínima ideia de quem seja a pessoa que fez as ameaças para mim, mas já tem alguns elementos de outros vídeos que já reconhecemos”, indica.

Menor aparece em vídeo. Caso foi publicado pelo Portal Infonet

O policial do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), ainda conta que os vídeos estão virando moda e que apenas desta quinta para sexta-feira, 12, já recebeu entre quatro e cinco vídeos. “Está sendo feito um trabalho de inteligência. Existem alguns bandidos que por serem covardes botam os menores para falar”, relata, alegando que não se sente amedrontado com as ameaças.

Crimes cibernéticos

Segundo o delegado de repressão a crimes cibernéticos, Alessandro Vieira, as investigações sobre esses casos estão ocorrendo. Ele afirma que dezenas de episódios envolvendo ameaças acontecem constantemente, porém, estes últimos são diferentes, pois envolvem armas de fogo e apelação ao uso de drogas.

São Cristóvão

O juiz da comarca de São Cristóvão, Manoel Costa Neto, conta que a segurança da sede do fórum está sendo reforçada, pois um dos suspeitos costuma ficar em frente ao local para visualizar os horários de entrada e saída dos promotores.

Manoel Costa também conta que o adolescente que aparece no vídeo com uma arma em punho, cigarro na mão e fazendo diversas ameaças, é primo de um traficante, líder de uma gangue que morreu há pouco tempo. O juiz acredita que a divulgação do vídeo seja para “demonstrar força”, pois o grupo está sem liderança.

Por Monique Garcez

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais