Vídeos com Ramon Coxinha saem do ar após acusação de cearense

Humorista sergipano Ramon Coxinha trabalha com humor desde 2015 (Foto: Instagram)

O humorista sergipano Ramon Coxinha anunciou em suas redes sociais que teve dezenas de vídeos com sua imagem retirados do ar e que os canais que veicularam tais conteúdos estão sofrendo “strike” e até sendo banidos devido à utilização do nome “Coxinha”.

De acordo com o humorista, o problema está relacionado a um desentendimento quanto ao uso do “Coxinha”. É que o humorista sergipano recebeu uma mensagem da assessoria de Hiran Delmar, criador do personagem Coxinha, do Patrulha do Coxinha, veiculado na TV Diário, de Fortaleza, pedindo a retirada de todo e qualquer conteúdo que tivesse o nome “Coxinha”.

“Segundo ele (Hiran Delmar) seria detentor do nome Coxinha. Que é meu apelido de infância e COXINHA é uma comida, domínio público, já pensou nenhuma loja puder usar mais VENDE SE COXINHA ? Nunca fiz nada parecido com o conteúdo dele, nem nunca sequer o citei em nada. Mas desde ontem dezenas de vídeos que contém minha presença saíram do ar e os respectivos CANAIS tomaram STRIKE e foram banidos do uso para seguir com seu trabalho. Por uso do nome RAMONCOXINHA – repito RAMONCOXINHA. Inclusive esse é o nome do meu CNPJ”, disse o humorista sergipano por meio de post em seu perfil social no Instagram.

O humorista, que já trabalha há sete anos com o nome “Ramon Coxinha” e tem mais 65 mil seguidores no Instagram, explicou que desde sua infância é chamado de “Coxinha”  e seu trabalho não tem nada a ver com o conteúdo feito por Hiran Delmar. “Meu trabalho não tem nada parecido com o dele. Eu lutava Jiu-jitsu, Muay Thai e meu nome já era Ramon Coxinha. Nos meus vídeos de luta, meu nome já era Ramon Coxinha e eu nem sabia que ele existia”, disse por meio dos stories.

Hiran Delmar

Em nota, a assessoria de imprensa da Patrulha do Coxinha afirmou que Hiran Delmar utiliza a marca “Coxinha” desde 1982, tanto no rádio, quanto na TV, shows e conteúdos para internet. Segundo a nota, o nome “Coxinha” é de domínio publico em sua classe alimentícia e não em nome artístico, pois o nome artístico pertence ao Hiran Delmar, o Coxinha”, sendo inclusive registrado no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

A assessoria disse que todas as medidas estão sendo tomadas com apoio jurídico e que tentou de forma amigável resolver a situação, mas sem obter êxito. “O influencer disse que não vai deixar de usar a marca, causando assim grande prejuízos a todas empresas que ele passa, TV, Rádio, Podcast, canais do Youtube, contratantes de shows, empresários e outros. E deixamos claro que toda a nossa obra é protegida por direitos autorais e existem famílias que dependem dessa marca para sobreviver e sim vamos defender a todo custo o direito legal do humorista Hiran Delmar, o Coxinha”, finaliza.

Por Luana Maria e Verlane Estácio 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais