Vigilância estende prazo para controle de cola e solventes

0

A Vigilância Sanitária Municipal estende prazo para controle de cola e solventes. Com a determinação, os comerciantes que trabalham com produtos inalantes tóxicos, como cola de sapateiro, solventes e adesivos com substâncias que afetam o sistema nervoso central têm até o final do mês de julho para se adequarem à Resolução 345 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A medida visa monitorar a quantidade de cada produto disponível no estoque das empresas e reduzir o consumo de drogas do gênero entre a população infanto-juvenil.

A resolução entrou em vigor em dezembro do ano passado, mas por desinformação ou negligência nenhum estabelecimento adotou a regra. Com a determinação, esses produtos só poderão ser vendidos para maiores de 18 anos acompanhados do documento de identidade.

No momento da venda, os estabelecimentos comerciais precisam colocar na nota fiscal o número de controle individual de cada produto. Eles também trarão a partir de agora informações no rótulo advertindo sobre os riscos à saúde e expressando a proibição da venda para pessoas com menos de 18 anos.

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais