Xixi provoca morte de mulher

0

O acusado de ter assassinado Esmeralda está preso no DHPP (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Uma discussão banal por conta de um xixi feito no meio da rua levou a morte de uma mulher no bairro Santa Maria, zona Sul da capital. O crime foi registrado em outubro do ano passado, mas o principal autor foi preso na manhã desta segunda-feira, 21.

O delegado da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), André Gouveia, que investigou o assassinato da dona de casa Esmeralda Elisabete da Silva, de 35 anos, conta que tudo começou quando o marido da vítima foi fazer xixi em um terreno de propriedade de José Wellington dos Santos Filho, de 32 anos.

De acordo com depoimento prestado na delegacia, Wellington afirmou que era comum o marido de Esmeralda fazer xixi no terreno. Descontente e irritado com a pratica no dia 23 de outubro do ano passado ao se deparar com a cena, Wellington entrou em casa fez uso de um revólver e tentou atirar no homem, mas o tiro acabou pegando em Esmeralda que teria tentado defender o esposo.

Após quatro meses foragido a polícia continuou investigando o crime e descobriu que Wellington estava escondido em uma casa do bairro Atalaia, onde foi efetuada a prisão. O delegado diz que Wellington não resistiu a prisão e confessou que matou a mulher por engano e que a intenção era tirar a vida do marido dela.

Por Kátia Susanna

Comentários