Zé de Adolfo é condenado a 19 anos de prisão

0

Ontem, dia 13, após mais de 12 horas de julgamento, a juíza Aidil Oliveira Teixeira anunciou a sentença para o ex-tratorista José Ferreira de Melo, o Zé de Adolfo. Ele foi condenado a 19 anos de prisão por assassinar o radialista Wellington Fernandes, o “Zezinho de Cazuza”, no dia 13 de março de 2000, exatos três anos atrás, no município de Canindé do São Francisco. Zé de Adolfo, continuou negando ter participação no crime, mas a promotoria exibiu aos jurados, entrevistas onde ele assume o assassinato, que teria sido encomendado pelo ex-prefeito de Canindé, Genivaldo Galindo. Nas entrevistas que concedeu aos órgãos de comunicação de Sergipe e durante depoimento à polícia, Zé de Adolfo disse ter recebido R$ 3 mil para matar Wellington e sua mulher revelou que ele teria recebido apenas R$ 500. Eles revelaram também onde estava a arma do crime, que foi encontrada enterrada no fundo do quintal da casa em que o pistoleiro morava.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais