Abertura do Curta-SE comprova sucesso do evento

0

A solenidade foi apresentada pela atriz Cláudia Ohana
Uma noite para comemorar o sucesso. Assim foi a festa de abertura da Décima Edição do Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe, o já tradicional Curta-SE, no Teatro Tobias Barreto. Na platéia, adeptos de uma boa produção. No palco, o charme da atriz Cláudia Ohana e a simpatia dos patrocinadores, organizadores do evento e diretores do longa “Vida de Balconista” exibido no evento. No camarim, o cantor pernambucano Otto se preparando para o show que fechará a programação desta noite.

“A gente está muito feliz em ver esse reconhecimento de todo um trabalho cultural e vê tanta gente com afinidade. A gente está gerando cultura, políticas públicas, renda, trabalho, divulgação do nosso Estado e notícias (risos)”, afirma a

Rosângela Rocha comemora o sucesso do evento que completa 10 anos
organizadora do Curta-se Rosângela Rocha acrescentando que o evento cresce à cada edição.

O presidente do Banese [um dos patrocinadores do evento], Saumíneo Nascimento falou sobre a importância do apoio cultural. “O Banese se sente honrado em apoiar o Festival do Curta-SE, numa forma de valorizar cada vez mais a cultura sergipana”, destaca Saumíneo Nascimento.

“Já são sete anos de parceria entre o Curta-SE e a Petrobras, parceria essa que foi consolidada por conta da responsabilidade e da ética. Vamos em frente”, ressalta o representante da Petrobras, Luiz Roberto.

Presidente do Banese fala sobre o apoio ao Curta-SE
Antes de iniciar o seu agradecimento aos patrocinadores e às pessoas que acreditaram e continuam acreditando no evento, Rosângela Rocha pediu licença à atriz Cláudia Ohana. “Quero aqui quebrar o protocolo para agradecer e convidar ao palco a secretária de Estado da Cultura, Eloisa Galdino, pelo apoio que vem dando ao Curta-se ao longo do tempo”, afirma.

“Eu já estive na platéia prestigiando o Curta-SE e já estive do lado de cá ao lado de Rosângela agradecendo o sucesso do evento”, disse Eloisa.

Filme

Na ocasião, foi exibido o filme “Vida de Balconista”. Os

Luis Roberto destaca patrocínio da Petrobras
diretores Cavi Borges e Pedro Monteiro participaram da abertura do Curta-SE. “Eu tenho uma locadora no Rio de Janeiro que se chama Cavídeo e em 13 anos passaram diversas pessoas e aconteceram várias coisas. Eu dizia: um dia vou fazer um filme com essas histórias, muitas delas bizarras. Um filme que retrate o dia a dia de uma locadora que possui um público mais diversificado, cultural”. Conta Cavi Borges.

Ele disse ainda que primeiro, o filme foi exibido por meio de uma parceria com a empresa de Telefonia Oi. “Mas o público que o via em celular era ainda pequeno. Depois, um dos atores, o Mateus Solano se destacou em uma novela da Rede Globo e acabou divulgando ainda mais o filme”, acrescenta o diretor Calvi Borges.

Cavi Borges e Pedro Monteiro, diretores do filme exibido na ocasião
Show

Ainda no camarim, o ator pernambucano Otto recebeu a imprensa para uma rápida entrevista coletiva. “A diferença entre cineasta e músico é que um dorme mais cedo do que o outro. Ou não né?”, brinca o ex-percussionista da primeira geração do Nação Zumbi acrescentando que já vem trabalhando com cinema há muito tempo a exemplo do filme Amarelo Manga.

“Pra mim é uma honra participar do Curta-SE. Vou lançar meu disco que está super descolado e venho trabalhando com cinema já há um tempão, a exemplo do filme Amarelo Manga.

Otto diz estar honrado em participar do Curta-SE
Exibições

O evento prossegue até o dia 18 de setembro com exibição de filmes, mostras competitivas de vídeo de bolso na categoria ‘celular’, filmes iberoamericanos, mostra competitiva de vídeos sergipanos além de mostras informativas de longas e curtas. As exibições acontecerão no Sesc, no Campus da Unit [Farolândia], Centro de Criatividade, Cultiva na Praia de Aruana e no Cinemark.  Dez bandas sergipanas irão se apresentar durante a programação.

Acontecem também mostras nas cidades de Laranjeiras, São Cristóvão e Estância. A noite do encerramento no Teatro Tobias Barreto contará com a entrega do Troféu Ver ou não

Público prestigiou a noite no TTB

 

 

 

 

 

 

Ver, homenagens á jornalista paulista Rosário Caetano e ao ator global, Flávio Bauraqui. A solenidade será encerrada com a apresentação da cantora Preta Gil.

Por Aldaci de Souza

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais