“As Favoritas” farão prévia do Carnaval em Aracaju

0

Número de participantes deve cheugar a mil
A irreverência marcará previamente a chegada do Carnaval. Neste domingo, 7, o bloco ‘As Favoritas’ realiza o seu segundo ano de desfile e promete entrar definitivamente para o calendário dos festejos em Sergipe. Pelas ruas do tradicional bairro Santo Antônio, aproximadamente mil homens vestidos de mulher cumprirão uma missão que está cada vez mais perto de se concretizar: o resgate dos blocos de rua que nos tempos de outrora marcavam o Carnaval aracajuano.

Apesar de ter sido fundado em 2009, por Luis Antônio Melo Barreto – ou ‘Professor Lula’ como é popularmente conhecido –, o bloco é resultado de uma história que vem de outros carnavais. Na família do Prof. Lula, inclusive, essas brincadeiras se arrastam há pelo menos 26 anos. Ele é um dos Fundadores do bloco ‘As Cajuranas’, que leva uma multidão de homens ao Pré-Caju há mais de quinze anos.

Frevo será o estilo dominante na festa
“É o grito de carnaval do bairro Santo Antônio”, diz o organizador. No primeiro ano de festa, desfilaram pelas ruas cerca de 200 homens. Este ano esse número deve aumentar por uma divulgação feita pelos próprios participantes. “As pessoas vão no boca-a-boca. E vamos levar assim até onde der”, acrescenta.

A proposta de reavivar o carnaval de rua é seguida à risca. Tanto que o estilo predominantemente tocado é o frevo. Este ano, a banda Cajueiro, de Laranjeiras, animará os foliões mais uma vez. Para participar não é necessário nenhum tipo de inscrição para os homens. Já as ‘mulheres de verdade’, que são esposas ou companheiras dos participantes, pagam uma taxa de R$ 10 e ganham uma camisa para o desfile.

Professor Lula pretende fazer resgate dos blocos de rua

“Pode ir vestido de mulher de qualquer jeito. Queremos que o homem deixe fluir nele a criatividade feminina”, brinca o Professor Lula. Ele acrescenta que muitas vezes as próprias mulheres dos foliões ajudam na fantasia. O cortejo começará ao meio-dia e percorrerá as menores ruas do bairro. Carros-pipa estarão dispostos em três pontos do trajeto. Todo o desfile – ida e volta – deve durar duas horas, e a festa deve ir até ás 17h.

Por Diógenes de Souza e Raquel Almeida

Comentários