Banco deve entregar prêmio de literatura

0

Cerca de duas mil pessoas inscreveram suas poesias e contos no Prêmio Banese de Literatura. A divulgação oficial dos vencedores será feita na festa de premiação e comemoração final alusiva aos 40 anos do Banco do Estado de Sergipe, que deverá acontecer no início do próximo mês.

 

Participando da comissão julgadora, estiveram Maria Lúcia Dal Farra, escritora, ex-professora da USP e da Unicamp e da UFS; Hunald Alencar, poeta, professor, membro da Academia Sergipana de Letras; e o jornalista Jozailto Lima, autor de livros de Poesia, primeiro lugar no Prêmio Santo Souza com o livro “Retrato Diverso”. 

 

Além deles, foram convidados Francisco Dantas, autor de “Coivara da Memória”, “Cartilha do Silêncio” e “Os Desvalidos” e o mais recente “Sob o Peso das Sombras”; Paulo Fernando Teles de Morais; e Maruze Reis, professora do Estado, responsável pelas Oficinas Literárias da Secretaria de Educação do Município.

 

Os três primeiros colocados receberão R$ 4 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente, além de verem seus projetos publicados . A comissão é soberana e pode, além dos três primeiros classificados, oferecer menções especiais e honrosas, bem como não premiar, se acordar que não houve nível para seleção.

 

O Prêmio Banese de Literatura foi idealizado pelo poeta Araripe Coutinho e pretende, de acordo com informações da diretoria do Banese, fazer parte do calendário anual de projetos do banco, no sentido de revelar talentos na escrita no Estado de Sergipe.

 

Comentários