Biblioteca infantil tem apenas 500 visitas por mês

0

Cláudia Stocker apresenta livros a crianças na biblioteca
A biblioteca infantil Aglaé Fontes de Alencar recebe apenas cerca de 500 crianças por mês. O número há um ano era ainda mais baixo, revela a diretora da instituição, Cláudia Stocker. O dado foi revelado ao Portal Infonet nesta quarta-feira, 2 de abril, data em que se comemora o Dia Internacional do Livro Infatnil.

 

O espaço vem recebendo uma maior divulgação, mas a comunidade em geral ainda procura pouco o espaço. O número talvez se explique pela média de livros lida pelos brasileiros por ano. Apenas 1,8 livro ao ano, enquanto na Colômbia a média anual por habitante é de 2,4 livros, 5 nos Estados Unidos e 7 livros por ano na França.

 

Para aumentar a freqüência de meninos e meninas na biblioteca, são promovidas contações de história, exposições e diversas atividades para chamar a atenção. “É preciso incentivo da família para que a criança comece a gostar de ler”, avalia Cláudia. Nesta quarta, para marcar a

Cláudia Stocker acredita que é necessário maior incentivo da família
comemoração ao Livro Infantil, foi feita uma contação de história com direito a filmagem para documentário de uma história do escritor sergipano Gustavo Aragão.

 

Biblioteca

 

A maior parte dos visitantes é de estudantes de escolas públicas. De acordo com a diretora, eles vão, normalmente, quando há alguma atividade, como contação ou exposições. A comunidade em geral costuma ir para fazer empréstimos de livros: cada criança pode levar até três livros para devolver em dez dias.

 

A Aglaé Fontes também faz um tipo diferente de empréstimo: as escolas levam uma quantidade de livros para usar em sala de aula com seus alunos. “Muitas escolas ainda não têm biblioteca, por isso emprestamos”, diz.

 

Dia Internacional do Livro Infantil é uma homenagem a Andersen

No acervo, estão disponíveis desde livros clássicos e obras raras, como publicações de Monteiro Lobato da década de 60, a livros modernos como volumes do Harry Potter, da autora J.K. Rowling. Além da gibiteca, que atrai também bastante adultos. “O gibi geralmente é a primeira leitura que atrai a criança, por isso a sua importância”, explica Cláudia.

 

A biblioteca fica anexo à Biblioteca Epifânio Dória, na rua Dr. Lenardo Leite, s/n, 13 de Julho, e funciona das 8h às 17h30, de segunda a sexta-feira.

 

Dia do Livro Infantil

 

O dia 2 de abril foi escolhido para ser o Dia Internacional do Livro para Crianças por ser a data de nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. Ele escreveu alguns dos mais famosos contos de fadas da literatura infantil, dentre eles O Patinho Feio e O Soldadinho de Chumbo.

 

* A matéria foi alterada para acrescentar informações

 

Por Gabriela Amorim

Comentários