Capeteira espera noites lucrativas no Forró Caju

0

Para os forrozeiros que preferem bebidas quentes nas noites do Forró Caju, as barracas de drinks ou capetas oferecem muitas opções. As combinações utilizadas nas bebidas são as mais diversas, vão desde frutas, essências e cachaça até o leite condensado.  

Com sete anos de experiência como capeteira, Mônica Tomaz instalava seu comércio nos carnavais da capital baiana, mas está no Forró Caju há quatro anos. “Agora estou montando minha barraca de capeta nas festas particulares, mas o Forró Caju é a única festa popular que faço questão de montar, pois acredito que terei um bom retorno durante esses dias do evento”, afirma a comerciante.

Mônica resolveu atuar nesse ramo devido a dificuldade em consegui emprego. Aexperiência de seu noivo, que já trabalha na atividade há mais de dez anos, em Salvador, ajudou bastante. “É um ramo que dá para sobreviver bem. Só é ruim quando nessas festas são cobradas taxas altas para a instalação, porque a gente não recebe muito para pagar valores tão altos. Ainda temos que nos responsabilizar pela energia e isso gera mais gastos. Então temos que torcer para vender muito para poder compensar o esforço”, revela Mônica.

Em sua barraca de capeta, a bebida mais vendida faz jus ao nome de capeteiro. Além do capeta, o coquetel de frutas também é muito consumido.”Mas há uma bebida que a gente vende e que já foi proibida, porém a gente não recebeu nenhuma informação sobre ela este ano, que é o Príncipe Maluco. É uma bebida feita com cachaça, semente de guaraná e canela em pau. Só que depois de beber a pessoa ganha um aperitivo de limão para chupar, açúcar e leite condensado para dar o toque final”, ressalta a comerciante.

Os capeteiros conseguem fazer mais 100 bebidas, por noite, o que garante um retorno financeiro de mais de R$ 100. “Isso pode ser até o dobro se a festa foi muito boa, se a noite estiver com boas atrações”, informa Mônica.


Por Valéria Bezerra

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais