Cardápio variado na Vila Chapéu de Couro

0

Eliane e seu famoso Pitú
Pirão de Pitú, pastel de pitú, catado de aratu, tapioca de mais de sessenta sabores diferentes, macaxeira com carne do sol – feita de filé mignon, diga-se de passagem – espetinhos de carne, frango, calabresa e coração, bolinho de bacalhau. Não. Isso não se trata do menu de um restaurante. Todas essas delícias estão à disposição de quem for visitar a Vila Chapéu de Couro.

 

Pitu de Eliane – famoso por oferecer a sua clientela um cardápio de primeira e um atendimento especial, o Pitú de Eliane, literalmente falando, leva em sua receita um ingrediente especial: o carinho de sua cozinheira-mor. Com um sorriso largo estampado no rosto e uma voz encantadora, Eliane, recebe a todos que visitam seu bar, instalado na Vila do Forró Chapéu de Couro.

 

Beijú da Tia Gleide – “ A cena mais comum na minha infância é a de minha mãe fazendo tapioca para a família”. A declaração é de Tia Gleide – tia mesmo, é assim que todos a chamam, havendo laços sanguíneos ou não – que cresceu vendo sua mãe cozinhando para o marido e os filhos. O que sua mãe fazia por hobby, Tia Gleide, transformou em fonte de renda. Seu restaurante, na Vila Chapéu de Couro, oferece às pessoas mais de sessenta tipos de tapioca. Ela revelou ao Portal InfoNet que, durante a primeira noite da Vila, o sabor de tapioca que mais foi vendido foi o de banana com queijo coalho, açúcar e canela.

 

Por Diego Bittencourt

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais