Célio Nunes e Arli Alvim no TCE

0

O jornalista e Escritor Célio Nunes lança às 11 horas desta quarta-feira seu livro de contos “O Diário de WJ e Outras Histórias”, no Espaço Cultural Ministro Carlos Ayres Britto do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Na ocasião, será aberta a exposição da artista plástica Marli Alvim. De acordo com o presidente do TCE, Hildegards Azevedo, ambos “são dois artistas de grande valor para Sergipe”.

 

A história de Marli na arte começa quando ela produzia artesanato em cerâmica. Há cinco anos, começou a pintar em tela em alto relevo com massa. Há pouco mais de dois anos ela começou a pintar em óleo sobre tela estimulada por vários artistas. “Foi quando passei a ver como era gratificante navegar nas ilusões das cores e formas”, explicou Marli.

 

Célio Nunes é jornalista e escritor. Iniciou no jornalismo e na militância política de esquerda durante a adolescência e em 1959, foi morar na Bahia. Foi preso político em 1964. Além do jornalismo, exerceu atividades culturais e políticas. Retornou a Aracaju em 1972, trabalhando na imprensa e no serviço público. Repórter, redator, cronista e editor de vários jornais locais ele já publicou vários livros de contos, entre os quais “Réquiem para José Eleutério” e “O Diário de WJ e Outras Histórias”.

Comentários