Cinemark transmite ópera ‘Il Trittico’, de Puccini

0
(Foto: Divulgação)

Já está aberta a venda dos ingressos para mais uma sessão da temporada de óperas e balés da Royal Opera House (ROH), de Londres, que a Rede Cinemark traz com exclusividade para suas salas aqui no Brasil. O espetáculo “O Tríptico”, ou “Il Trittico” – no original em italiano – reúne três óperas curtas compostas por Giacomo Puccini e será exibido no dia 12 de maio, às 14h, no cinema do complexo do Shopping Jardins, em Aracaju.

Uma das mais modernas casas de ópera da Europa, o ROH faz uma leitura contemporânea dos espetáculos, ampliando seu alcance e atraindo um público de faixa etária variada. “Il Trittico” será transmitida também no dia 15 de maio, às 19h. Os ingressos já podem ser adquiridos no site da Rede (www.cinemark.com.br) ou na bilheteria dos cinemas. Os valores são de R$ 50 (inteira) e R$ 25(meia).

“Il Trittico” é composta por três óperas, cantadas em italiano: Il Tabarro, Suor Angelica e Gianni Schicchi. Il Tabarro – em português, O Manto – conta a violenta história de um triângulo amoroso que se desenrola em uma barca que navega pelo rio Sena, em Paris. Giorgetta, interpretada pela soprano Eva-Maria Westbroek, trai seu marido Michele, papel de Lucio Gallo, com o operário Luigi, cantado por Aleksandrs Antonenko. A segunda ópera, Suor Angelica, traz a soprano Ermonela Jaho como a jovem Angelica, que foi forçada a se tornar freira depois de ter um filho ilegítimo. A última obra é Gianni Schicchi, uma comédia em que os parentes de um homem cheio de posses, que acaba de morrer, tentam alterar seu testamento com a ajuda do espertalhão Gianni Schicchi (outro papel de Lucio Gallo). Essa é a primeira apresentação completa de Il Trittico, de Puccini, pelo The Royal Opera House de Londres desde 1965.

Marcel Gottlieb, comentarista das óperas pela Cinemark, aponta que as três óperas são inspiradas no Purgatório (Il Tabarro), Céu (Suor Angelica) e Inferno (Gianni Schicchi) da Divina Comédia de Dante Alighieri. “As óperas também retratam fases e episódios da vida particular de Puccini, como a falsa acusação de traição com uma empregada; a irmã que viveu como freira nas mesmas condições; e a preocupação de Puccini sobre o que fariam os possíveis herdeiros para desfazer sua vontade, frente a seu testamento”, argumenta Gottlieb.

O espetáculo traz algumas das mais belas melodias escritas por Puccini, como a da famosa ária “O Mio Babbino Caro”, em Gianni Schicchi, ou o lamento de Suor Angelica, “Senza Mamma”. A montagem é assinada por Richard Jones, que cria uma ambientação moderna para as três óperas – Gianni Schicchi, por exemplo, é transposta para os anos 50, enquanto a ação de Suor Angelica é transferida de um convento para um hospital infantil. A regência é do diretor artístico do ROH, Antonio Pappano.

A proposta da Cinemark é levar aos seus espectadores conteúdo diferenciado e de qualidade. Por conta disso, a rede firmou ainda uma parceria com Marcel Gottlieb, profundo conhecedor do gênero. Gottlieb dividirá com o público seu conhecimento sobre o tema em cada uma das óperas. Todas as apresentações serão exibidas com projeção 2k (High Definition), áudio 5.1, e legendas em português. Menelick de Carvalho, diretor cênico de óperas, comenta o espetáculo ao lado do especialista no assunto Marcel. Menelick foi também responsável pela última montagem de Gianni Schicchi no Rio de Janeiro.

A Rede Cinemark no Brasil    

Precursora e especializada no conceito multiplex no país, a Rede Cinemark chegou ao Brasil em 1997 e já está inserida no Distrito Federal e em 14 estados: Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, São Paulo, Sergipe, Goiás, Santa Catarina, Espírito Santo, Bahia, Amazonas e Tocantins. Atualmente, conta com 464 salas divididas em 58 complexos. A rede trouxe recentemente uma nova tecnologia, Extreme Digital Cinema, com telas maiores que as convencionais e uma sonorização ainda mais potente, reunindo o que há de mais moderno em tecnologia 2D e 3D.

A novidade já está presente em doze salas da Cinemark.  É da Rede Cinemark também a primeira sala de cinema em 3D da América do Sul, no Shopping Eldorado, em São Paulo, que segue o padrão exigido pelos grandes estúdios americanos. Atualmente, a Rede conta com 180 salas com a tecnologia de projeção digital em 3D no país. Durante o ano de 2011, cerca de 40 milhões de espectadores passaram pelos complexos para assistir aos filmes nacionais e estrangeiros.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais