Confira os vencedores do Curta-SE 8

0

A vencedora do Curta Sergipano, “Deu Bode, Fátima Gós (dir.) / Foto: Márcio Garcez – Curta-SE
Melhor Longa: R$10 mil – Júri Popular – Banco do Nordeste

Vencedor: El Baño Del Papa, de César Charlone e Enrique Fernandez

 

Melhor Curta 35mm com temática nordestina: R$ 5 mil – Júri Oficial – Banco do Nordeste

Vencedor: Cine Zé Sozinho, de Adriano Lima

 

Melhor Curta 35mm: R$ 10 mil em serviço (locação de câmera 16mm ou HD) – Júri Popular – Cinerama Brasilis

Vencedor: O lobinho nunca mente, de Ian SBF

 

Melhor Ficção 35mm: 3 min de trilha original – Júri Oficial- Sincrônica Trilhas

Vencedor: Engano, de Cavi Borges

 

Melhor Documentário 35mm:  R$ 4 mil em serviço (loc. de câmera e iluminação) –  Júri Oficial – Quanta

Vencedor: Dreznica, de Ana Azevedo

 

Melhor Vídeo: R$ 4 mil em serviço (loc. de câmera e iluminação) – Júri Oficial – Quanta

Vencedor: Rua das Tulipas, de Alê Camargo

 

Melhor Animação 35mm: Cópia do filme – Júri Oficial CTAV

Vencedor: Pajerama, de Leonardo Cadaval

 

Melhores Sergipanos:

Júri Oficial – Prefeitura de Aracaju:

  • 1º lugar: R$ 10 mil – Deu bode, de Fátima Goes
  • 2º lugar: R$ 7 mil – As aventuras de seu Euclides – parafusos, de Marcelo Roque
  • 3º lugar: R$ 5 mil – Você conhece La conga?, de Sérgio Borges

 

Júri Oficial – Fundação Aperipê – 100 cópias do filme para os três melhores vídeos sergipanos:

Vencedores:

  • Deu bode, de Fátima Góes;
  • As aventuras de seu Euclides – parafusos, de Marcelo Roque;
  • Você conhece La conga?, de Sérgio Borges

 

Júri Popular – Fundação Aperipê – 100 cópias do filme para o melhor vídeo sergipano .

Vencedor: Verdadeira Imagem, de Karla Dias

 

Outros vencedores do prêmio “Ver ou não Ver”

 

Júri Oficial:

 

Melhor vídeo ficção – Um pra Um, de Érico Rassi

Melhor vídeo documentário – Vida de balcão, de Luciano Coelho

Melhor vídeo animação – Rua das Tulipas, de Alê Camargo

 

Júri Popular:

 

Melhor atriz curta 35mm – Yarsin Tedesco, do curta “A peste da Janice”

Melhor ator curta 35mm – Vandré Silveira, do curta “Bárbara”

Melhor diretor longa-metragem – César Charlone e Enrique Fernandez

Melhor Ator longa metragem – César Trancoso, do filme El baño del papa

Melhor Atriz longa-metragem – Dedina Bernardelli, do filme Adagio sostenuto

Melhor Vídeo – Unconscious, de Ricardo Nunes

Melhor Vídeo de Bolso – Um Tango para Derrubar o Poder, de Wille Marcel (Aracaju- SE)

 

Menções:

 

Menção Honrosa 35mm – Ele, de  Alunos da rede municipal de  Vitória

Menção Especial 35mm – O Evangelho Segundo Seu João, de Leonardo Gomes

Menção Honrosa Vídeo – Chimbumbe, de Antônio Coelho

Comentários