Coronavírus: Sindicato arrecada alimentos para músicos sergipanos

0
Com shows suspensos, músicos enfrentam dificuldades (Foto: Pritty Reis)

Os músicos sergipanos já estão sentido no bolso os efeitos da pandemia declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) frente ao coronavírus, cuja infecção, a Covid-19, já matou quatro pessoas em Sergipe e milhares de outros pacientes no mundo. De acordo com o presidente do Sindicato dos Músicos do Estado de Sergipe (Sindmuse), Tonico Saraiva, há profissionais que têm na produção musical a única fonte de renda e que já estão encontrando dificuldades até para obter alimentação. “Eles ligam pedindo comida, não pedem dinheiro não”, relata o presidente do sindicato.

Sindicato tenta minimizar impactos da crise gerada pelo coronavírus (Foto reprodução do cartaz do Sindmuse)

Para enfrentar essa crise decorrente da proliferação do coronavírus no país, o Sindmuse instituiu a Campanha SOS Músico para angariar alimentos e outros donativos para distribuir com os músicos. Os interessados em fazer doações podem entrar em contato diretamente com o presidente do sindicato pelo telefone (79) 9962 – 4768.

Há também outras iniciativas que deverão ser iniciadas a partir da próxima semana com a comercialização de CD de músicos sergipanos em postos de combustíveis, com apoio da Casa do Artista sergipano que destinará a arrecadação para dar apoio financeiro aos músicos da terra dos cajueiros e papagaios. A crise está afetando todos, sindicalizados ou não, segundo Tonico Saraíva. “Estamos recebendo ligações com pedido de filiação, mas não estamos cobrando taxas nesse momento porque sabemos das dificuldades que todos estamos enfrentando”, ressalta o presidente do sindicato.

Há entendimentos com o governo do estado, segundo Tonico Saraíva, para que os músicos possam ser contratados para produzir lives através das redes sociais, com divulgação a ser feita pelas redes oficiais, além de incentivo e financiamento a projetos culturais. Situações que estão ainda em fase de debate com representantes do governo do estado, segundo Tonico Saraíva.

Muitos artistas brasileiros já aderiram à campanha e já estão enviando vídeos ao sindicato, segundo Tonico Saraíva.

 

por Cassia Santana

 

 

Comentários