Corpus Christi é celebrado com missas e procissões

0
Fiéis comemoram o feriado com missas e procissões (Fotos: Portal Infonet)

Para muitos fiéis, seguidores da religião católica, o feriado de Corpus Christi é um dia que exige comparecimento à igreja para celebrar o corpo de Cristo e nesse ano a Arquidiocese de Aracaju preparou uma agenda de procissões para os católicos comemorarem o dia, nesta quinta- feira, 7.

Na capital sergipana, três celebrações aconteceram simultaneamente, a partir das 15h, uma na Paróquia São José, no bairro São José, uma na Paróquia São Pio X, bairro 18 do Forte e uma na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, Siqueira Campos.

Para Valdelino Souza, o dia precisa ser celebrado com bastante fé por todas as famílias. “Aqui é o momento maior da união de uma família, temos que lembrar da Santa Ceia e de como cristo ofereceu o seu corpo e o sangue, demonstrando o seu amor por nós”, acredita.

Cléber Virno, concorda sobre a importância da fé e acha que os fiéis precisam estar mais comprometidos com a palavra e os mandamentos de Deus. “Nós precisamos seguir os mandamentos e procurar a igreja, principalmente os jovens, a festa na igreja é sempre uma forma de atrair mais devotos”, opina o rapaz.

Após as celebrações, as procissões com milhares de fies saíram cantando e louvando a Deus em direção à Catedral Metropolitana, onde aconteceu, no final da tarde, a benção do Santíssimo Sacramento.

Tapete de Corpus Christi

Tapete em frente à Paróquia Nossa Senhora do Monte Serrat recebendo os retoques finais

Em algumas localidades do Estado, o feriado é comemorado com a confecção de um tapete feito basicamente de restos de serragem coloridos e material reciclado. Atualmente a tradição é seguida nos municípios de São Cristóvão e Nossa senhora do Socorro.

No bairro Piabeta, em Nossa Senhora do Socorro, o tapete foi confeccionado em frente à Paróquia Nossa Senhora do Monte Serrat e contou com a participação de diversos jovens e adultos. No final da tarde desta quinta-feira, 7, os últimos ajustes foram feitos.

Segundo Suelem Santos, umas das adolescentes que ajudou a confeccionar o tapete, primeiro os fiéis assistiram uma missa na paróquia, que começou às 16h, e depois saíram em procissão pelas ruas do bairro.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais