Cortejo Afoxé Omo Oxum faz cortejo dia 8

0

Cortejo deve reunir 3 mil mulheres e atrair milhares de espectadores (Fotos: Alejandro Zambrana)
Pelo sexto ano consecutivo o bloco Afoxé Omo Oxum realiza no dia de Nossa Senhora da Conceição, 8 de dezembro, às 19 h, na Orla de Atalaia, o cortejo em louvor a Oxum, Orixá das águas doces cultuado pelas religiões de matriz africana. A programação também inclui o show de Carla Cristina, ex-vocalista do grupo As Meninas. O evento, organizado pelo Abaçá São Jorge, é uma verdadeira celebração à pluralidade e ao sincretismo religioso.

A coodenadora do Afoxé Omo Oxum, Sara Lessa, informa que este ano 3.000 mulheres participarão do evento. “A cada ano o cortejo ganha dimensões maiores. No ano passado, tivemos a participação de 2.600 mulheres no cortejo. Este ano, já fechamos a participação de 3.000 mulheres”, ressalta Sara. Em 2009, segundo a coordenadora, cerca de 10 mil pessoas acompanharam o cortejo, que este ano se concentra a partir das 19h, no SESC da Atalaia, segue pela passarela do caranguejo e finaliza nos arcos da orla, com o show de Carla Cristina.

yalorixá Marizete Silva Lessa diz que cortejo visa diminuir o preconceito com a religião africana
Sara conta ainda que o cortejo tem como um dos objetivos diminuir o preconceito contra as mulheres negras e a religião africana, que ainda é muito grande. O grande cortejo também deverá contar com a presença de Organizações Não Governamentais (ONGs), que lutam pelos direitos femininos e de igualdade racial. Além deles, são esperados representantes de diversos terreiros do interior do Estado e já confirmaram presença os municípios de Estância, Riachuelo, Maruim, Santo Amaro das Brotas, Rosário do Catete, Pirambu, Carmópolis, São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro e Japaratuba. 

Sincretismo religioso 

Segundo a tradição africana, Oxum é a segunda mulher de Xangô. A ela pertence o ventre da mulher e é por isso que esse orixá feminino controla a fecundidade, sendo profundamente ligado às crianças. Dona das águas doces, Oxum gosta de usar colares, jóias, espelhos, perfumes e assim é considerada a deusa da beleza, da riqueza e da prosperidade. Os fiéis buscam nela auxílio para a solução de problemas na vida financeira e também no amor, uma vez que Oxum é responsável pelas uniões.

Oxum é representada na tradição católica por Nossa Senhora da Conceição, padroeira da capital sergipana. Durante as comemorações, representantes do candomblé participam da lavagem das escadarias da Catedral Metropolitana de Aracaju, marcando o sincretismo religioso entre o catolicismo e as religiões africanas. Oxum é ainda símbolo da sensibilidade e muitas vezes, ao ser incorporada, derrama lágrimas, característica que se transfere a seus filhos, identificados por chorões. 

Programação 

O Abaçá São Jorge elaborou uma vasta programação para a deusa da beleza Oxum e a comemoração dos 70 anos da yalorixá Marizete Silva Lessa:

Dia 04/12 (Sábado)
5h – Alvorada festiva com ritos de louvor à Yalorixá Marizete Silva Lessa, Oyá Matamba
9h – Missa Votiva em Ação de Graças pelos 70 anos de iniciação de Oyá Matamba – Diálogo interreligioso
19h – Homenagem do Grupo “Um quê de negritude”
22h – Celebração à Oyá

Dia 05/12 (Domingo)
19h – Caruru de Ibêjis

Dia 06/12 (Segunda-feira)
22h – Oferenda a Obaluaê

Dia 07/12 (Terça-feira)
22h – Omolocum D’Oxum/ Ndandalunda 

Dia 08/12 (Quarta-feira)
4h – Presentes ao mar: homenagem a Oxum Mana Dêui (Praia de Aruana)
19h – Cortejo do Afoxé Omo Oxum com a concentração no SESC da Atalaia, dando a volta na passarela do caranguejo e finalizando nos arcos com o show de Carla Cristina.

Comentários