Cultura celebra o mês do folclore

0

Grupos folclóricos de Sergipe/Foto: Arquivo Infonet
O mês de agosto é dedicado ao folclore no país e vários eventos marcam a existência desse importante segmento da cultura popular, que tem como data oficial o 22 de agosto. O Dia do Folclore foi instituído por decreto do Governo Federal em 1965 para homenagear a riqueza da cultura popular brasileira, quando em 22 de agosto de 1846, o arqueólogo inglês William John Thoms criou a palavra para designar os registros dos cantos, narrativas, costumes e mitos de um povo ao juntar os termos ‘folk’ (povo) e ‘lore’ (sabedoria) num artigo para a revista londrina The Atheneum.

Em Sergipe, são inúmeras as manifestações folclóricas dos mais variados estilos, destacando o estado nacionalmente por tamanha riqueza. Para celebrar tudo isso, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) vai realizar dois grandes eventos: o projeto Folcloreando e o I Encontro de Mestres de Sergipe, ambos com programação diversificada. As comemorações começaram nesta terça-feira, 17, e seguem até o final do mês.

“Nossa celebração não ficará restrita ao dia 22 de agosto, porque a consciência cultural em se tratando do folclore não deve ser passageira. A data é apenas uma referência para a celebração do nosso folclore, e deve servir como marco para uma ação mais eficaz do poder público sobre o tema. Acredito que o mês de agosto seja o momento de avaliar essa realidade, provocando a reflexão de todos na busca do resgate e cultivo da nossa identidade. É preciso estabelecer um maior número de pesquisas, a valorização dos mestres e grupos folclóricos, enfim, a preservação de todo esse universo dos bens imateriais que Sergipe possui”, afirma a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino.

Fonte: ASN

 

Comentários