Cultura promove I Encontro Sergipano de Literatura de Cordel

0

Sergipe irá realizar seu primeiro encontro de literatura de cordel nesta quarta-feira, 15. A Biblioteca Epifâncio Dória será a sede do I Encontro Sergipano de Literatura de Cordel entre os dias 15 e 17. O evento marca a reabertura da Sala de Cultura Popular “Manoel d”Almeida Filho”. O espaço abriga um acervo composto por obras de Literatura de Cordel e Folclore, além de xilogravuras, fotografias e discos, sobre a história das manifestações populares.

 

O Encontro será aberto pelo Secretário de Estado da Cultura, Luiz Alberto dos Santos, e contará com a participação de cordelistas, professores, pesquisadores da cultura popular e de estudantes. Na programação, palestras e apresentações de cordelistas, além da realização de oficinas.

 

Poeta

 

O poeta popular Manuel d”Almeida Filho nasceu no município de Alagoa Grande, na Paraíba, mas adotou Aracaju como a sua cidade, onde viveu de 1944 a 1995, quando veio a falecer aos 82 anos. Na sala que leva o seu nome, além de publicações de sua autoria, podem ser encontradas obras de cordelistas famosos, como Rodolfo Coelho Cavalcante, Leandro Gomes de Barros e João Martins de Ataíde, entre outros.

 

Confira a programação:

 

Dia 15

19h: Apresentação da dupla de violeiros repentistas “Vem-Vem do Nordeste” e João Bezerra;

20h: Abertura da exposição de xilogravura do artista plástico Elias Santos;

20h30: Abertura oficial do I Encontro pelo Secretário de Estado da Cultura, professor Luiz Alberto dos Santos, seguida da reabertura da Sala de Cultura Popular, com depoimento do cordelista João Firmino;

21h: Sarau poético – musical – cordeliano, com as participações dos cordelistas João Firmino Cabral e Pedro Amaral.

 

Dia 16

8h: “Literatura de Cordel em Sergipe”, com Jackson da Silva Lima, tendo como debatedor o cordelista Gilmar Santana Ferreira;

11h: Declamação de Cordel – “Zezé de Boquim”, Ronaldo Dória e “Zé Antônio”.

 

Dia 17

8h: Palestra “O Cordel no Nordeste, no Brasil e no Mundo”, com o conferencista Gonçalo Ferreira da Silva;

10h30: Palestra “A Voz do Cordel na Sala de Aula”, pelo professor e cordelista baiano, Antônio Barreto, seguida do debate coordenado pela pedagoga e cordelista sergipana Izabel Nascimento;

11h: Declamação de cordel com as participações dos cordelistas sergipanos “Chico Lúcio Gauchinho” e Wilson dos Anjos.

 

A programação será encerrada com as apresentações dos emboladores sergipanos “Beto do Pandeiro e “Léo Embolador”.

 

Oficinas

Modos de Literatura de Cordel, com o cordelista João Firmino.

Oficina de Xilogravura, com a professora Carolina Natureza.

Elaboração de Cordel, com os cordelistas “Chiquinho do Além Mar” e Pedro Amaral Nascimento.

Comentários