Curta-SE 11 premia melhores filmes da 11º edição do festival

0

Cerimônia de Premiação- (Foto : Arthur Soares)

Depois de seis dias de evento, o Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (Curta-SE) premiou os melhores filmes escolhidos pelo júri oficial e pelo júri popular. Foram quase R$80 mil em prêmios, sendo R$30 mil destinados às produções sergipanas. A cerimônia de premiação aconteceu no último sábado, 17, no Cinemark Jardins. A lista completa dos vencedores está disponível no site www.casacurtase.org.br .

Na categoria vídeos sergipanos, o melhor vídeo escolhido pelo júri oficial foi ‘Do Outro Lado do Rio’. O curta é um trabalho conjunto dos alunos de Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira e já foi premiado em outro grande festival de São Paulo. “Nosso trabalho também foi selecionado para ser exibido em um festival de cinema na França, no mês que vêm”, disse o diretor do filme, Baruch Blumberg.

Ganharam 2º e 3º lugares, respectivamente, ‘Xandrilá’, de André Aragão, e ‘Simbolique’, de Jamson Madureira. O curta ‘Peregrino’, de Josival Oliveira Silva, recebeu a menção honrosa. O melhor sergipano escolhido pelo público foi ‘Lembranças’ de Marlon Delano. “Quero agradecer a todos que sempre o apoiaram. O Faço meus vídeos sempre com o auxílio dos amigos e da minha família”, relatou Marlon.

Guta Stresser

Na 11ª edição do festival, os dias mais concorridos foram justamente aqueles das exibições sergipanas. “A sala sempre ficava lotada, o público ocupava também os corredores. Nós já sabíamos que isso iria acontecer porque acompanhávamos o trabalho feito pelas equipes dos vídeos em trazer seu público para prestigiar a exibição. Isso é muito bom para o audiovisual”, comentou a diretora executiva do festival, Rosângela Rocha.

Destaques

Outro destaque da noite foi o longa ‘Riscado’ de Gustavo Pizzi, que levou quatro troféus do festival: melhor longa-metragem, diretor e atriz pelo júri oficial, além de melhor longa pelo júri popular. “‘Este filme é um trabalho conjunto de amigos e familiares, realizado com pouquíssimos recursos. O reconhecimento deste e de outros festivais garantirá que novos filmes possam ser realizados”, disse Cavi Borges, produtor de Riscado.

Durante a cerimônia, foi entregue a homenagem à atriz Guta Stresser, que interpreta Bebel na série ‘A Grande Família’, por sua trajetória no cinema brasileiro. Guta já havia participado do Curta-SE, em 2005, quando veio representando o longa ‘Nina’, de Heitor Dhalia.

O último dia do festival também exibiu o curta ‘Mulheres Mangabeira’, que conta a história de sergipanas que se dedicam à cultura da mangaba, e o longa ‘O Jardim das Folhas Sagradas’. O filme, que será lançado no Brasil em novembro, teve sua pré-estréia no Curta-SE.

Público

A 11ª edição do Curta-SE reuniu um público de mais de 5 mil pessoas entre cinéfilos, realizadores e público em geral  nos seis dias de exibições. Durante o evento, foram realizados debates, oficinas, mostras informativas e competitivas. Além disso, o Curta-SE ainda levou mostras para as cidades de São Cristóvão, Laranjeiras e Estância.
Rosângela Rocha destacou a presença maciça do público para prestigiar o evento. “Isso é resultado de uma crescente evolução da difusão do audiovisual em Sergipe. Esse sucesso também é fruto da conjunção da formação, seja através da universidade ou dos cursos que existem na Casa Curta-Se, Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira e Mídia Jovem. Acho que isso tudo ajudou a propagar o audiovisual junto com a acessibilidade das novas tecnologias”, disse Rosângela.

Realização

O Curta-SE, incentivado pela Lei de Incentivo à Cultura, tem patrocínio da Petrobras, co-patrocínio do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Comunicação Social, apoio cultural do Cinemark, Banco do Nordeste e Fundação Aperipê, apoio do Pontão Avenida Brasil, Ponto de Cultura Figuras em Trânsito, Banese Card, Shopping Jardins, Mega Collor, CiaRio, Estúdios Mega, Cinerama Brasilis, Nova Digital, Porta Curtas, Canal Brasil, Revista Preview, Revista Raça Brasil, Revista Brasileiros, Sesc Sergipe, Unit, UFS, Secretaria de Estado da Cultura, Prefeituras de Estância, Laranjeiras e São Cristóvão, Fórum dos Festivais, Congresso Brasileiro de Cinema, Conselho Nacional de Cineclubes, ABD/SE, Segrase, Infonet, Superlux, Ativa Impressão Digital, Swapi, Sebrae, Fest’A Film, Oceanário, Aruanã Eco Praia Hotel e Faculdade Serigy, com realização da Casa Curta-SE e Ministério da Cultura/Governo Federal.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais